O guitarrista será substituído por Andy Sneap

Rob Halford, frontman do Judas Priest, falou sobre a doença de seu amigo e colega Glenn Tipton e sua decisão de se afastar da turnê atual.

O guitarrista anunciou recentemente que não fará parte de algumas atividades da banda pois seu mal de Parkinson, que foi diagnosticado há 10 anos, avançou de estágio e ele não está apto a tocar todas as músicas do Judas Priest.

A notícia pegou os fãs de surpresa e até mesmo os integrantes da banda. Halford conversou com a publicação Kerrang! e revelou que o anúncio foi feito apenas cinco dias após o diagnóstico.

“Tem sido um momento de muitas emoções, mas estamos felizes por Glenn ter decidido fazer isso por ele”, revela o frontman, “Glenn pensa apenas na banda e nós dissemos a ele ‘Não, você precisa pensar no que é melhor para você’ e ele respondia ‘Não, eu quero o que for melhor para a banda’. Isso prova onde o coração dele realmente está.”

Halford continua dizendo que apesar do Glenn estar se afastando da turnê, ele continua sendo um membro do Judas Priest. “Será muito legal para os fãs quando ele aparecer de vez em quando para tocar conosco ‘Breaking The Law’ ou ‘Living After Midnight’. O amor que temos já está por aí e eu sei que quando fizermos algo juntos novamente, será algo muito especial”.

Glenn Tipton faz parte da banda desde 1974 e será substituído por Andy Sneap, quem produziu o novo álbum da banda Firepower que será lançado no dia 09 de Março.

Confira mais notícias sobre: