O Wikimetal gerencia e dá nome ao selo Wikimetal Music focado em heavy metal e rock, e que permanece com um olhar atento à cena brasileira desses gêneros. 

Você acredita que seu som tem a ver com a gente?

Se a resposta para a pergunta acima for “sim”, envie para gente uma demo do seu som junto a uma pequena descrição sua/da sua banda. Analisaremos o material e daremos um retorno assim que possível!

Hoje, temos orgulho de chamar de nossos artistas:

Madre Sun

Madre Sun é Eduardo Cavina (vocal e baixo), Tyson Schenker (guitarra) e Matt Cavina (backing vocal e guitarra). Mesmo com dois integrantes brasileiros, o trio fica baseado em Londres, de onde produz músicas que são inspiradas pela mistura de riffs pesados e furiosos de bandas de rock clássico, como AC/DC, Guns ‘n’ Roses e Alice Chains. Tal inspiração resulta em um som que pode servir de guia para uma nova geração de fãs do gênero.

Em 2020, a banda lançou seu 1º EP, The Speed of Light, aclamado tanto pelo público quanto pela mídia. Em 2021, o grupo pretende aumentar seu catálogo com um esperado disco de estreia.

Último lançamento:
“Everybody’s Gotta Live” (Single)

VIPER

Como uma das maiores bandas do heavy metal brasileiro, o VIPER dispensa apresentações. O grupo, que tem Leandro Caçoilo (vocal), Hugo Mariutti (guitarra), Guilherme Martin (bateria), Felipe Machado (guitarra, violão e backing vocals) e Pit Passarell (baixo, vocal e backing vocals) na formação atual, tem mais de três décadas de carreira e seis álbuns lançados. 

Último lançamento:
“The Spreading Soul Forever” (Single)

Pit Passarell

Pit Passarell é um talento raro. Desde que formou o VIPER, nos anos 1980, e gravou seu primeiro álbum, aos 18 anos, nunca mais parou de criar. Foi um dos criadores do estilo que hoje conhecemos como metal melódico. Criou obras primas como “Living For The Night” e “To Live Again”, entre outras, hinos que catapultaram Andre Matos para o mundo. Depois assumiu os vocais do VIPER e, com o sucesso de “Rebel Maniac” e “Evolution”, levou a banda para shows no Japão e na Europa. Mais tarde, acabou emprestando seu grande talento de criador de lindas melodias, de trovador urbano e de poeta e escritor de letras autobiográficas para o Capital Inicial, banda para qual seu irmão, o guitarrista Yves Passarell, partiu após deixar o VIPER. 

E, em 2020, Pit decidiu se aventurar pela primeira vez em carreira solo. Gravou suas grandes músicas do seu jeito, colocando a sua personalidade à flor da pele em Praticamente Nada.

Último lançamento:
Praticamente Nada (Álbum)

Val Santos

O guitarrista e produtor Val Santos desfila uma das carreiras mais talentosas e versáteis do heavy metal brasileiro. Nos anos 1980, depois de fundar a banda Zuris, foi baterista do VIPER e o responsável por muitos dos arranjos que podem ser ouvidos no álbum mais clássico da banda, Theatre of Fate. Mais tarde passou a tocar guitarra e formou o Toyshop, banda que ficou popular nos anos 1990 e teve sucessos como “Run Away” e “Everybody Crazy”, que fizeram parte da trilha sonora do sucesso de Hollywood Holiday in the Sun (2001). Ao lado desses grupos, Val fez turnês pelo Brasil, América Latina e Estados Unidos ao longo das últimas 4 décadas. 

Tanta experiência gerou muita inspiração e incontáveis histórias a serem contadas. E é por isso que o músico e produtor decidiu lançar 1986, seu primeiro disco solo, em 2021. Com grandes composições, colaborações inesquecíveis e produção impecável, o álbum já nasce como um clássico do thrash metal brasileiro, provando que o gênero continua atual e poderoso como nunca. 

Último lançamento:
“Fire” (single)

CLIQUE AQUI PARA ENVIAR SUA DEMO