Na noite da última sexta-feira, 31, Marc Rizzo, ex-guitarrista do Soulfly, se apresentou na cidade de Harmony, no Maine, e fez um cover do clássico “Territory” do Sepultura.

Rizzo saiu do Soulfly em agosto e passou semanas trocando farpas com Max Cavalera na imprensa. Enquanto o guitarrista alegava “colapso emocional” e falta de apoio financeiro na pandemia, Cavalera alegou que as acusações eram fabricadas “pela mente doida” do colega.

Em entrevista ao podcast The Ex-Man, Marc Rizzo falou mais sobre sua decisão de deixar o Soulfly e voltou a mencionar que estava dando seu melhor no estúdio e nos palcos enquanto o resto da banda deixava a desejar – fato que, segundo ele, é apontado pelos fãs.

“Eu queria sair há cinco ou seis anos. Foi quando as coisas, na minha opinião, começaram a ir ladeira abaixo,” conta o guitarrista. “Acho que eu deveria ter saído, mas me senti mal. Senti que eu devia alguma lealdade a todo mundo e não queria deixá-los na mão.”

Ainda de acordo com Rizzo, o período pandêmico “abriu” seus olhos para várias coisas e ele se encontra em “um lugar melhor” agora.

LEIA TAMBÉM: David Kinkade: “Basicamente todos os riffs do álbum ‘Enslaved’ do Soulfly, são do Marc Rizzo”

Categorias: Notícias