Leia a declaração de Butler

O baixista do Black Sabbath Geezer Butler pronunciou-se recentemente sobre uma lei introduzida no Senado de Nova York para proibir que unhas de gatos sejam retiradas. A proibição já existe no Brasil e em diversos países da Europa, mas é uma prática ainda comum nos EUA.

Segue a declaração de Geezer Butler:

“Eu fico muito feliz de voltar ao estado do Empire State após saber de meus amigos no Humane Society of the United States que há uma lei introduzida que, se aprovada, proibiria a prática de retirar garras dos gatos.

Muitos me conhecem como um dos membros fundadores do Black Sabbath, mas poucos sabem que eu sou uma daquelas pessoas que podem ser chamadas de ‘loucos por gatos’.

Minha esposa e eu já resgatamos muitos gatos e nunca nem consideramos fazê-los passar pela cirurgia opcional de retirar garras.

Você consegue imaginar seus dedos sendo arrancados até o osso? Esse é o equivalente para gatos que tem suas garras retiradas. É terrivelmente desumano.

Vários veterinários de NY apoiam a lei para colocar a prática no lixo da história. Eu imploro que legisladores permaneçam firmes e admiro a maioria dos moradores de Nova York que apoia a lei”.

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Categorias: Notícias