Eric Clapton doou quase 10 mil reais e emprestou sua van à uma banda anti-lockdown chamada Jam For Freedom no início do ano. As informações são da Rolling Stone (via NME).

A matéria diz que o grupo tem o objetivo de “espalhar a palavra da revolução pró-liberdade que tem acontecido no mundo todo em resposta às restrições que vem acontecendo contra nossos direitos humanos básicos de trabalhar, viajar e viver.”

Clapton, segundo a reportagem, doou 10 mil reais para a página no GoFundMe da banda para ajudar a mantê-la. O fundador do grupo Cambel McLaughlin achou que fosse uma brincadeira e contatou o músico através do e-mail que constava na doação e recebeu uma mensagem de Clapton o parabenizando pela iniciativa.

McLaughlin disse falou com Clapton por telefone e ele ofereceu sua van para o grupo usá-la por um tempo para fazer shows. A oferta foi aceita pela banda. A matéria também diz que o guitarrista acabou, mais tarde, doando mais uma quantia para ajudá-los a comprar sua própria van.

Em seguida a dupla se encontrou no estúdio de Clapton e McLaughlin disse que o guitarrista queria tocar com ele mas não pôde pois suas mãos ficaram sensibilizadas após a vacina contra a covid-19.

Em maio desse ano, Clapton revelou que teve reações “desastrosas” após tomar a vacina Astrazeneca. O guitarrista, além de anti-vacina, também tem se posicionado contra o isolamento social. Ele lançou ano passado uma música com Van Morrison intitulada “Stand For Freedom”, que critica o isolamento, e em agosto divulgou “This Has Gotta Stop”, sobre seu pensamento negacionista sobre a vacina.

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *