Conforme informado pelo portal , um dos fundadores do Queensrÿche, o baterista Scott Rockenfield, entrou com um processo nesta semana na Corte do Estado de Washington contra seus ex-companheiros de banda, o guitarrista Michael Wilton e o baixista Eddie Jackson, além de suas respectivas esposas.

A disputa atinge várias empresas que eles criaram incluindo a Queensrÿche Holdings LLC e a Tri-Ryche Cooperation Inc., entre outras.

Rockenfield estava afastado das atividades desde 2017 e o processo judicial foi divulgado por uma pessoa muito próxima ao Queensrÿche que se chama Eric e usa o apelido Dude Random nas redes sociais.

“Aparentemente eles estavam falando de uma reunião da banda (até mesmo com Chris DeGarmo), mas agora ferrou tudo com esse processo do Scott Rockenfield contra Michael Wilton e Eddie Jackson.”

“O processo inclui quebra de contrato; opressão contra acionistas; demissão injusta; quebra de acordos artísticos; e violação do Ato de Direitos do Estado de Washington.”

Em janeiro deste ano, Rockenfield usou as redes sociais para dizer que ainda era membro do Queensrÿche e que não tinha se aposentado da música.

“Quer ouvir algo engraçado? É assim: Ao contrário de quaisquer declarações ou entrevistas de outras pessoas, eu definitivamente não saí, não pedi demissão, não abandonei e nem me aposentei do Queensrÿche!!! …infelizmente não contaram pra vocês a história toda, nem os fatos completos… Em breve, conto mais…”

Em 2017, o baterista saiu de licença para acompanhar o nascimento e primeiros meses de seu filho e foi substituído desde então por Casey Grillo do Kamelot.

Já as trilhas do último álbum da banda, The Veredict de 2019, foram feitas pelo vocalista Todd La Torre. Na época, La Torre disse:

“Não há nada novo em relação a Scott, que eu saiba. Ele não saiu da banda, ele não disse: ‘Eu nunca voltarei’. Tudo o que sabemos, na verdade, é que ele está apenas curtindo passar o tempo com seu filho, que tem um pouco mais de um ano, quero dizer, o cara deu quase 37 anos de sua vida para Queensrÿche, para os fãs e tudo o mais e ele quer tempo para si e sua família. Então, como você pode argumentar? Um cara querendo ser apenas um pai, só isso? Então esse é o tipo de acordo.”

LEIA TAMBÉM: Queensrÿche confirma que Mike Stone continua com a banda até o final de 2021

Categorias: Notícias