Tony Iommi, lendário guitarrista do Black Sabbath, foi oficialmente apresentado a um fóssil de 469 milhões de anos que recebeu seu nome, o Drepanoistodus Iommii.

O encontro, conforme relata a NME, ocorreu esta semana perto do banco heavy metal do Black Sabbath em Birmingham, na Inglaterra, conduzido pelo gerente geral do Westside Business Improvement District (BID), Mike Olley.

Iommi recebeu uma foto personalizada do um fóssil e agradeceu: “Foi um choque saber que um fóssil de verdade foi nomeado em minha homenagem”, disse ele.

Os fósseis recém-descobertos são parte da espécie conodonte que, segundo um relatório oficial da equipe, foi desenterrada de uma sucessão de calcário no oeste da Rússia que formava sedimentos no fundo do mar durante o período ordoviciano.

O paleontólogo Mats E. Eriksson, um dos responsáveis pela descoberta, é um grande fã de heavy metal e escolheu homenagear o guitarrista pela influência que ele tem no gênero. “Tony Iommi está no topo da minha lista de pessoas que eu queria homenagear desta forma”, ele contou ao The European Journal of Taxonomy (via Bravewords).

“Para a minha grande satisfação, meus colegas co-autores adoraram a sugestão. Então, agora Tony Iommi também está imortalizado na literatura científica com a linda espécie Drepanoistodus Iommii,” completou.

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *