Confira mais um texto escrito por um de nossos WikiBrothers:

O professor quis nos passar uma mensagem nessa primeira aula e escolheu Stay Hungry do Twisted Sister para isso.”

 Por Maurício Oliveira

 

Certamente todo mundo tem um professor(a) do ensino fundamental ou médio que se lembra até hoje com muito carinho. Eu, por sorte, tive vários exemplos incríveis de pessoas que me ensinaram muito durante minha infância e adolescência. Ensinaram coisas além do conteúdo de uma disciplina. E uma dessas lições que aprendi veio através de Twisted Sister.

Na época eu tinha 14 anos, estava no primeiro ano do ensino médio, e estava tendo minha primeira aula de inglês com o professor Zé Paulo. Por ser um período novo na nossa vida, o professor quis nos passar uma mensagem nessa primeira aula e escolheu Stay Hungry do Twisted Sister para isso. Isso foi exatamente na época em que estava começando a ouvir hard rock e metal, mas nunca tinha ouvido nada do TS além das clássicas I Wanna Rock e We’re Not Gonna Take It (que são do mesmo álbum, por sinal).

 Professores fãs de Heavy Metal são raros hoje em dia…

 O que o professor tentou nos passar nessa aula foi que a partir de agora nós deveríamos seguir sozinhos e lutar por nossos desejos. Não podemos nos deixar abater pelas dificuldades, não podemos demonstrar medo e parecer fracos. Devemos lutar com todas as forças e correr atrás do que queremos. Exatamente o que fala a letra da música.

Obviamente que para um público de 15 anos em média ele tentou passar essa mensagem de uma maneira menos severa. Mas o tempo passa rápido e logo estaríamos na vida adulta, e a letra de Stay Hungry mostrava muita coisa que deveríamos perceber. Nós estaríamos sozinhos em nossas jornada e não há lugar para os “wannabes”, para os ruins ou para os que já foram. Para mim foi uma aula muito diferente e inspiradora, que vou me recordar sempre.

Esses dias eu li um texto que um amigo meu compartilhou em alguma rede social que falava sobre projetos pessoais. Todo mundo (ou quase todo mundo) possui algum desejo, algum sonho, alguma ideia que gostaria de levar adiante, mas muitas vezes acabamos por deixar isso de lado por diversos motivos.

E era justamente isso que o texto criticava, fazendo uma comparação com escovar os dentes. Todo dia nós escovamos os dentes (eu espero, né), mas nem todos os dias nos dedicamos a esse nosso sonho, esse projeto. Lendo esse texto eu lembrei de muitas entrevistas do Wikimetal, onde geralmente a última pergunta que o wikitrio faz ao entrevistado é: “Que dica você pode dar a um garoto que está começando agora no mundo da música, tentando montar uma banda?”, e a resposta quase sempre é a mesma: não desista e siga fazendo o que você gosta.

Claro, é muito mais fácil falar do que fazer. Todo mundo tem outras coisas para fazer, trabalhar, estudar, arrumar a casa, sair com a família, dormir, cozinhar, passar roupa, cuidar do cachorro… e mesmo quando temos tempo livre, muitas vezes acabamos por ter uma dedicação menor do que gostaríamos a esse nosso projeto pessoal por algum outro motivo.

A ideia do texto que eu li pode então ser muito bem aplicada: se você faz todas essas outras coisas e escova os dentes todos os dias, por que não se dedicar também todos os dias? Vale o esforço, todos os grandes músicos entrevistados pelo Wikimetal e meu professor Zé Paulo deram esse mesmo conselho: corra atrás do que você gosta e se dedique. Stay hungry with desire.

 Capa do Stay Hungry (Twisted Sister, 1984)

*Este texto foi elaborado por um Wikimate e não necessariamente representa as opiniões dos autores do site.

Clique aqui para ver os outros textos do WikiBrother Mauricio Oliveira.

Categorias: Opinião

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *