“Repentless” será primeiro álbum sem Rubin desde 85

Em entrevista ao programa da Metal Hammer, o líder do Slayer Kerry King revelou os motivos pelos quais a banda rompeu seu contrato com a produtora American Records, de Rick Rubin. Segundo King, a gravadora lhes ofereceu um contrato ofensivo.

“Eu achei que estaríamos com a American até hoje, mas quando recebi o contrato, me senti insultado. Para mim, aquele contrato dizia ‘Boa sorte. Vocês não terão boa sorte aqui'”. O Slayer então assinou contrato com a Nuclear Blast e o produtor Terry Date, quebrando a tradição que vinha desde “Hell Awaits” em 85.

“Eu sinto que é um progresso. Não importa quantos álbuns faremos no futuro, espero trabalhar com Terry Date”. O novo produtor tem seu nome em trabalhos do Pantera, Deftones e Slipknot.

O novo álbum do Slayer, “Repentless”, tem lançamento previsto para o dia 11 de Setembro.

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Tags:
Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *