Após mais de um ano desde o início da pandemia que acarretou no cancelamento da turnê do Metallica no Brasil, o grupo ainda está indo atrás do prejuízo.

A banda entrou com um processo contra a seguradora Lloyd’s Of London alegando que ela não cobriu os prejuízos financeiros após ter sido forçada a adiar seis shows em 2020 por conta da pandemia.

O Metallica passaria por quatro cidades brasileiras – Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Belo Horizonte – e, segundo informações do City News Service (via Blabbermouth), a reclamação do grupo foi registrada no Tribunal Superior de Los Angeles alegando que a apólice padrão da seguradora sobre “seguro de cancelamento, abandono e não comparecimento” não foi cumprida.

No processo, o grupo segue contestando o posicionamento da seguradora e chama a ação de “uma interpretação irracionalmente restritiva da política”. O Metallica alega que houve uma quebra de contrato e busca indenização pelo prejuízo.

LEIA TAMBÉM: James Hetfield revela dificuldade para compor novas músicas do Metallica: “Muito bizarro”

Categorias: Notícias