A atriz Esmé Bianco, que interpretou a personagem Ros na série Game of Thrones, entrou com um processo contra Marilyn Manson, acusando o cantor de estupro e agressão.

No início desse ano, diversas mulheres revelaram ter sido vítimas de violência sexual do cantor, porém esse foi o primeiro a chegar à justiça. Manson já está sendo investigado pela polícia de Los Angeles pela acusação de ter abusado de sua ex-namorada a atriz Evan Rachel Wood.

A notícia do processo foi revelada pela TMZ que revelou os documentos nessa sexta, 30. Neles, Esmé Bianco descreve que, em 2009, foi drogada, estuprada e agredida em uma sessão de tortura com um chicote que o cantor afirmou ter sido usado por soldados nazistas.

Ela ainda diz que esta não foi a única ocasião em que ela sofreu violência sexual de Marilyn Manson. “Estes atos incluíram golpes, mordidas, cortes e chicotadas, todas sem o consentimento da vítima.”

A violência teria começado quando a atriz foi gravar o clipe de “I Want to Kill You Like They Do in the Movies”, em que ela ficou quatro dias seguidos sendo agredida pelo cantor. Depois, ele levou Esmé Bianco da Inglaterra para os EUA para gravar um suposto filme de terror, que nunca foi finalizado, e voltou a agredi-la e estuprá-la em várias ocasiões, segundo a acusação.

O ex-empresário do cantor, Tony Ciulla, também é acusado no processo de tráfico de pessoas, devido à viagem para suposta gravação nos EUA, onde ocorreram estupros e agressões. O empresário deixou Manson após o surgimentos da acusações e não comentou o caso até o momento.

Em fevereiro, Marilyn Manson perdeu o contrato com o selo Loma Vista Records após as acusações de abuso e negou as acusações, dizendo que todos seus relacionamentos foram consensuais.

Categorias: Notícias