O KK’s Priest lançou recentemente seu álbum de estreia, Sermons Of The Sinner. A formação original da banda conta com três ex-integrantes do Judas Priest: K.K. Downing, Tim “Ripper” Owens e Les Binks. Les Binks, contudo, não participou das gravações do disco devido a uma fratura no pulso. O baterista foi substituído por Sean Elg.

Em participação no The Wikimetal Happy Hour, K.K. Downing conversou com Nando Machado sobre a ausência do amigo e garantiu que ele está bem e que pretende tocar algumas músicas ao vivo com o KK’s Priest.

“Les não ia conseguir passar seis ou sete horas por dia no estúdio tocando bateria, entende?,” conta Downing. “Ele está bem, mas depois de algum tempo ele precisa descansar [o pulso]. Ele consegue tocar, mas ele não queria se fatigar ao ponto de não conseguir tocar. Ele disse que seria um teste de resistência e, obviamente, tem muita energia em certas partes do álbum.” 

K.K. Downing também lembrou que tocar bateria exige muito mais fisicamente que qualquer outro instrumento e mostrou solidariedade em relação ao colega de banda. “O Les e eu temos 70 anos,” diz. “Nós conseguimos tomar bastante cerveja, não temos problemas em levantar umas latas [risos] mas às vezes precisamos pegar leve. Não é tão ruim para mim, consigo palhetar [uma guitarra] com meus dedos, mas a bateria é diferente.”

LEIA TAMBÉM: K.K. Downing fala sobre planos de vir ao Brasil em turnê do KK’s Priest

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *