Jon Schaffer, guitarrista e fundador da banda Iced Earth, e membros dos grupos extremistas Oath Keepers e Proud Boys estão sendo processados ​​por Karl Racine, procurador-geral do distrito de Columbia, em Washington, D.C., EUA.

Segundo notícia publicada pela CNN Politics, o processo tem objetivo de recuperar o dinheiro que a cidade de Washington gastou para defender o Capitólio dos Estados Unidos durante o ataque de 6 de janeiro.

O processo foi aberto na última terça, 14, no tribunal federal em Washington e acusa 31 membros de grupos extremistas de “conspirar para aterrorizar o distrito”, apontando suas ações como “um ato coordenado de terrorismo doméstico”.

No documento, que conta tem mais de 80 páginas, Schaffer é descrito como “um membro fundador e vitalício dos Oath Keepers”.

A invasão ao Capitólio aconteceu em janeiro quando defensores do ex-presidente dos Estados Unidos acreditavam que a eleição presidencial foi fraudada, o que não foi provado até hoje. Eles invadiram o prédio, levando a diversas prisões.

Após a prisão de Schaffer, membros do Iced Earth anunciaram a saída da banda, mesma atitude tomada por Hansi Kürsch, que foi seu colega no Demons And Wizards.

Categorias: Notícias