A Missa de Sétimo Dia de Andre Matos ocorreu, hoje, na Igreja da Nossa Senhora da Consolação

Hoje ocorreu a Missa de Sétimo Dia de Andre Matos, vocalista do Angra, Shaman e Viper que faleceu no último sábado.

O Padre José Roberto da Igreja da Nossa Senhora da Consolação acolheu os fãs e citou várias vezes a importância de Andre Matos.

“Só uma pessoa especial que fez o bem poderia unir o heavy metal e o erudito da maneira como o Andre fez”, disse o padre durante a celebração da missa.

O padre ainda mencionou que não conhecia a obra de Andre, mas que nesta semana assistiu vários vídeos e ouviu músicas e percebeu como o Andre era querido.

“Como ele conseguiu ir pra vários lugares, fazer várias coisas e não se perder dele mesmo”, disse. O padre falou por mais de 20 minutos sobre Andre confortando os fãs.

“Ele queria que vocês o recordassem como ele era. Como ele estava. No auge da vida. Aos 47 anos. Com a família. Com seus fãs. O Andre foi alguém que cantava e encantava.”

Felipe Machado, guitarrista do Viper fez um discurso emocionado chorando, agradecendo à mãe de Andre e ao irmão e pediu que todos cantassem “Living For The Night” do Viper.

Rafael Bittencourt tocou também “Carry On” e depois de “Fairy Tale” do Shaman, todos aplaudiram a pedido do padre que orientou aos fãs a fazerem barulho no igreja.

LEIA TAMBÉM: Petição pede que data da morte de Andre Matos vire dia do metal

Confira mais notícias sobre: