O baixista/vocalista do Kiss, Gene Simmons, admitiu que estava errado sobre os benefícios da cannabis

Gene Simmons, vocalista/baixista do Kiss, sempre promoveu a vida saudável e limpa e criticou usuários de drogas. Em 2018, chegou às manchetes ao anunciar que faria parte de uma empresa de cannabis canadense, a Invictus.

Simmons explicou a relação com a maconha, mesmo já tendo afirmado que nunca experimentou a erva na vida.

“Historicamente, eu tenho que dizer que estive completamente errado”, disse. “Eu achei que maconha fosse coisa de lesado e idiota. E, lentamente, ao passar dos anos, a quantidade de pesquisas que eu via me deixou estupefato. Ver garotinhas que sofrem de epilepsia melhorando como em um milagre me deixou chocado.”

Ele disse que a indústria farmacêutica não gosta dessa ideia, “porque a cannabis, em suas várias formas, na verdade ajuda as pessoas. Isso que os pesquisadores estão me mostrando. O espaço da maconha será bom para a humanidade. Certamente é melhor do que o cigarro, que pode te dar câncer. A maconha pode te dar larica. Deixe me ver: ou eu fico com câncer ou com larica.”

LEIA TAMBÉM: Gene Simmons diz que odeia tocar “I Was Made For Lovin’ You”

Confira mais notícias sobre: