Hoje, 27, Bob Dylan lançou “Murder Most Foul”, primeira canção do músico em oito anos, desde o álbum Tempest, em 2012.

A faixa, que tem quase 17 minutos de duração (!), leva, na capa, o rosto do Presidente John F. Kennedy, não por acaso, Dylan canta sobre o enigmático assassinato do político na canção.

No entanto, a música fala mais do que isso, com referências ao The Who, e o Festival Woodstock, o compositor narra de maneira emocionante como os Estados Unidos eram nos anos 60, principalmente, do ponto de vista musical.

Junto à divulgação da canção, Dylan mandou uma mensagem aos fãs, “Olá para meus fãs e seguidores com gratidão por todo seu apoio e lealdade durante os anos. Essa é uma canção não lançada que nós gravamos um tempo atrás que talvez vocês achem interessante. Se mantenham salvos, se mantenham observantes, e que Deus fique com vocês.”

Confira, abaixo, “Murder Moust Foul”, nova canção de Bob Dylan:

Categorias: Notícias