Em fevereiro deste ano, o Angra lançou seu nono disco de estúdio Ømni. O novo trabalho chegou quatro anos após Secret Garden, trazendo onze músicas na tracklist — entre as quais uma delas ganhou destaque.

Muito bem recebido pelos fãs e pela crítica, o álbum foi marcado por participações especiais. No vocal, Fabio Lione (ex-Rhapsody) voltou para seu segundo disco com a banda enquanto Kiko Loureiro, membro fundador que agora integra o Megadeth, participa em uma das faixas.

Ømni já seria um bom disco assim, mas o Angra deu um passo a mais e convidou mais duas pessoas para fazerem parte do trabalho. Em uma inusitada colaboração, Alissa White-Gluz e a brasileira Sandy emprestaram seu vocal para a faixa “Black Widow’s Web”.

A música trouxe confusão, espanto e até descontentamento de alguns fãs, mas em um quadro geral, foi um sucesso chegando a estrear em primeiro lugar na playlist Viral 50 do Brasil no Spotify. Agora, o Angra preparou mais uma surpresa: “Black Widow’s Web” ganhará um clipe.

Há alguns dias, a banda divulgou um trecho do vídeo, mostrando Sandy entrando em uma igreja com um visual gótico enquanto os integrantes do grupo aparecem prontos para tocar. Alissa aparece brevemente em alguns momentos, deixando os fãs curiosos para conferir o resultado final.

O clipe foi criação da produtora brasileira Libertà Filmes. Liderada por Leo Liberti, a empresa já recebeu inúmeros prêmios como o Grammy Latino, o Cannes e o Clio durante os anos e já trabalhou com grandes nomes da música como o Megadeth, sendo seu último trabalho o clipe de “Lying in State” gravado em São Paulo na última visita da banda ao país em novembro de 2017.

“Sempre quis fazer um clipe do Angra, mas precisei fazer primeiro do Megadeth. Foi o contrário!”, Liberti conta, “O clipe fala basicamente de solidão… A “web” em si é uma coisa secundária. Um refúgio. Todos esses temas serão tratados no clipe de maneira artística e simbólica”.

Ao falar sobre como foi trabalhar com a Sandy, o diretor confessou ter se surpreendido: “Quem acha que a Sandy é uma garota que todo dia acorda e dá bom dia para os pássaros e anda saltitante pela casa cantando, está absolutamente enganado. Logo de início fiquei com receio de pegar pesado no roteiro, mas a Sandy se mostrou super aberta na primeira conversa. E na gravação foi algo surpreendente”.

“Tenho mais de 500 trabalhos assinados como diretor e pouquíssimas vezes pude trabalhar com alguém que se entregou tanto e em frações de minutos conseguiu mergulhar e se doar em algo tão denso. A Sandy é um belo anjo de pelúcia com um punhal dentro! Sem contar que ela ficou quase 10 horas num salto gigantesco sem reclamar!”, ele conta, rindo.

Liberti também revelou como foi o trabalho com Alissa que, apesar de ter sido gravado no Canadá, ele foi o responsável pela organização: “Meio que a “dirigi” de longe (…) Foram desenhos de planos de filmagem, posicionamento de luzes, etc. Tô pensando em lançar um curso de direção por Skype!”, ele brinca.

O clipe deve ser divulgado em breve e enquanto isso você pode conferir algumas imagens dos bastidores da gravação logo abaixo.

A cantora Sandy na gravação do clipe “Black Widow’s Web”. Crédito: Rodrigo Fontes

A cantora Sandy na gravação do clipe “Black Widow’s Web”. Crédito: Rodrigo Fontes

A cantora Sandy e o diretor Leo Liberti na gravação do clipe “Black Widow’s Web”. Crédito: Rodrigo Fontes

Angra e o diretor Leo Liberti na gravação do clipe “Black Widow’s Web”. Crédito: Rodrigo Fontes

A cantora Sandy e o diretor Leo Liberti na gravação do clipe “Black Widow’s Web”. Crédito: Rodrigo Fontes

Confira mais notícias sobre: