Em entrevista recente para a Metal Hammer, Sharon Den Adel, vocalista da banda de metal sinfônico Within Temptation, falou sobre o início de carreira e a transição do metal gótico de seu álbum de estreia para um som mais épico e complexo.

Segundo Den Adel, após o sucesso de seu segundo disco, Mother Earth, o Within Temptation sentiu a necessidade de fazer algo que fosse “bom e especial”. De acordo com a cantora, a banda buscou inspiração em trilhas sonoras de dois filmes que se tornaram clássicos com o tempo.

“No Mother Earth nós já tínhamos uma influência sinfônica, mas não era uma orquestra de verdade. Nós queríamos que o som viesse de uma orquestra real e não de um computador. Queríamos desenvolvê-lo mais, acrescentar algo extra, fazer com que soasse mais épico. Fomos muito inspirados por música de filmes, como as trilhas sonoras de O Gladiador e Coração Valente.”

Sharon também falou sobre a pressão que sentiu quando chegou a hora de fazer o terceiro álbum de estúdio. “Na época eu pensei que nós não sentimos [a pressão], mas olhando para trás agora, eu, pessoalmente, senti,” conta.

“O Mother Earth ultrapassou as fronteiras dos Países Baixos, então nós pensamos ‘Ok, aparentemente isso pode se tornar algo duradouro, talvez a gente possa ser músicos de verdade!’. Todos nós ainda tínhamos empregos comuns, então nós queríamos fazer algo bom e especial com o The Silent Force. Para mim, tinha uma pressão. Nós tínhamos que levar a sério agora!”

LEIA TAMBÉM: Sharon Den Adel se diz “sortuda” por não ter sofrido machismo no metal

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *