Em entrevista recente ao Abe Kana para a rádio 98 Rock (KRXQ-FM)Slash contou que sentia falta das conversas com Axl Rose durante o tempo que passaram brigados. Na entrevista, o guitarrista lembrou como foi a reunião com o vocalista do Guns N’ Roses. Ela aconteceu para a turnê Not In This Lifetime depois de duas décadas. 

Sobre a alegria de voltar a falar com Axl, Slash disse na entrevista: “Sim, foi ótimo. Quer dizer, Deus, é uma longa história. Mas foi ótimo quando Axl e eu começamos a conversar de novo, porque senti falta dele. Tínhamos desenvolvido tanta animosidade que ficou cada vez pior com o passar do tempo. Então, quando finalmente conversamos e comecei a falar sobre tocar, Deus! Foi um grande peso tirado de nossos ombros e foi emocionante voltarmos a ficar juntos.”

“Tem a química de tocar junto que às vezes a gente esquece o quão intenso é quando vocês sobem no palco juntos ou apenas trabalham juntos. Então, sim, é muito legal, e estou muito feliz por termos conseguido superar tudo isso.”

A parceria Axl Rose e Slash

Não é de hoje que Slash enaltece sua parceria com o Axl. Em 2021 em uma entrevista para a revista Revolver, o músico contou como era a relação de trabalho com o vocalista: “Eu trabalhei com cantores diferentes, intermitentemente, por um tempo. E então, quando conheci Axl e começamos a tocar juntos, ele foi o único vocalista que trouxe um conteúdo emocional que me afetou em um nível emocional, em um nível de energia.”

“A música de repente atingiu um nível totalmente novo, e eu senti isso. E foi aí que percebi onde a música e os vocais realmente se encontram. Porque antes disso, todo mundo com quem trabalhei era péssimo, não tinha utilidade para isso, e eu preferiria tocar instrumentalmente. Mas foi aí que realmente cheguei àquela sensação comovente que você tem quando as coisas se conectam no nível lírico, no nível vocal e no nível musical.”

A dupla ficou quase 20 anos separadas. De 1985 a 2016 quando a formação clássica se reuniu novamente e com Slash, Rose o baixista Duff McKagan junto ao Richard Fortus, o baterista Frank Ferrer, e os tecladistas Dizzy Reed e Melissa Reese.

LEIA TAMBÉM: Slash comenta desempenho de Axl Rose no AC/DC: “Foi um pouco chocante”

Categorias: Notícias