Um show de Q+A que John Lydon estava agendado para fazer na última segunda-feira, 25 como parte de sua turnê do livro I Could Be Wrong, I Could Be Right em Glasgow, no Reino Unido, foi cancelado pelo local do evento devido ao comportamento aparentemente agressiva do gerente de turnê.

O evento foi programado para acontecer no The Pavilion Theatre em Glasgow. O gerente geral do local, Iain Gordon, escreveu um post em seu Facebook detalhando a situação.

“Infelizmente, devido à agressão e intimidação feita a vários membros da minha equipe pelo gerente de turnê de John Lydon, o show desta noite não vai adiante”, dizia o comunicado. “Os dias desse tipo de comportamento já se foram. Temos uma política de tolerância zero a abusos, tanto físicos quanto verbais, e esse comportamento está em andamento nas últimas duas semanas.

No restante do comunicado: “Lamentamos se isso afeta você, mas como empresa não aceitaremos esse tipo de atitude para com nossa equipe de ninguém, incluindo membros do público e da equipe de turismo. Nossa bilheteria entrará em contato com você diretamente para organizar o reembolso de seus ingressos”.

Após o anúncio, Lydon informou seus fãs sobre o cancelamento em suas próprias redes sociais. “O Pavilhão de Glasgow cancelou inesperadamente o show desta noite. Fomos informados do cancelamento às 14h48”, escreveu ele no Twitter.

A turnê Q+A foi originalmente programado para ocorrer em 2020, mas foi reprogramado para 2021 por conta da pandemia de Covid-19. 

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *