Veja o depoimento

Em entrevista ao Full Metal Jackie o percussionista do Slipknot Shawn ‘Clown’ Crahan falou sobre o significado do Slipknot hoje, e como a banda evoluiu com o tempo. O palhaço diz que a banda se tornou uma entidade cultural. Confira o depoimento:

“Nós somos uma cultura. Não somos mais uma banda. Eu digo isso o tempo inteiro e sei que as pessoas não aguentam mais, mas é a pura verdade. Somos uma cultura. Sempre vamos estar aqui. E vai continuar depois que eu sair, a filosofia do Slipknot. Eu não permito que seja apenas uma banda. Digo, se você quiser decompor, sim, nós somos uma banda. Mas uma banda para mim vai ao estúdio e ensaia. E nós não somos uma banda faz tempo. Somos basicamente uma entidade, uma cultura. Nós amamos isso, e nós planejamos assim então é muito mais fácil para nós esse pensamento e processo. Nós não pregamos, não falamos sobre religião ou política. Apenas falamos da vida, de viver, e mesmo se falássemos algo ainda seria algo como ‘não me julgue, nunca’ (…) Supere obstáculos, não cometa suicídio, não fuja, não fique viciado em drogas. Lute contra o mundo, ache seu lugar, sua cultura, conheça você mesmo, crie asas e voe. Vá para onde quiser. Mas o mais bonito disso é que os fãs sempre voam de volta para dizer oi. Eles podem não ouvir mais Slipknot, mas sempre será um pilar da alma, e eles sabem. E é isso que faz de nós uma cultura, e não mais uma banda”.

Tags:
Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *