Demissão aconteceria em 1986

O guitarrista do Anthrax, Scott Ian, confirmou boatos de que o Metallica pretendia demitir o seu baterista Lars Ulrich após a turnê de 1986. A história foi descrita no livro autobiográfico de Ian, lançado ontem, dia 14, nos Estados Unidos.

Scott explica que a banda havia revelado suas intenções durante a turnê que viria a ser a última de Cliff Burton: “Eles haviam planejado uma mudança, e queriam um novo baterista. Todos ficamos muito surpresos com isso, porque eles eram o quarteto. Eles falaram ‘Quando terminarmos esta turnê vamos achar outro baterista'”.

Em entrevista sobre o livro para uma rádio de Colorado, Ian continua: “O que eu poderia fazer? Como um amigo da banda eu me senti mal por Lars mas ao mesmo tempo esperava que eles superassem isso e continuassem como quisessem. Obviamente no fim das contas as coisas foram diferentes e o Metallica se tornou uma das maiores bandas do mundo”.

A história da possível demissão de Lars já havia sido revelada por Dave Mustaine, em 2009, que contou a revista Rolling Stone os relatos de Scott Ian. Apesar de nunca ter negado, em sua autobiografia, Ian se pronuncia pela primeira vez sobre a história.

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Categorias: Notícias