Mikkey Dee relembrou sua última conversa com o falecido colega de Motorhead Lemmy. Durante uma entrevista no podcast Waste Some Time With Jason Green, Dee conta que a última vez que viu o vocalista do Motorhead foi duas semanas antes de sua morte.

“Nós tocamos o último show no dia 11 de dezembro [de 2015] em Berlin e ele faleceu umas [duas] semanas depois. E vou te dizer, o cara trabalhou até o fim. Eu e Phil [Campbell, guitarrista do Motorhead] estávamos tentando convencer ele de não seguir com a segunda parte da turnê europeia depois do Natal. Mas ele não queria desistir”, contou Dee (via Blabbermouth).

O baterista continuou contando que ele aconselhou Phil a deixar Lemmy decidir o que era melhor para ele e que se ele não quisesse desistir da turnê, eles não poderiam forçá-lo. Infelizmente Lemmy faleceu em seguida ao encontro, em meio a turnê.

“Falei com ele logo após aquele show”, ele relembra, “Fui até seu camarim e disse ‘Ok, vamos voltar para Los Angeles e vamos decidir quais outras duas músicas do Bad Magic você quer tocar’ (…) E então ele disse ‘Ok, vou ver isso’ (…) Íamos nos encontrar depois do Natal para discutirmos sobre o assunto.”

Dee conta que essa foi a última vez que falou com Lemmy, pois depois disso todos voltaram para suas casas aproveitar o Natal e Ano Novo, porém o vocalista acabou falecendo no dia 28 de dezembro daquele ano.

O baterista disse, durante a entrevista, acreditar que Lemmy demorou para se cuidar, porém a situação do vocalista era complicada e não era possível “salvar” Lemmy. A causa da morte foi dada como câncer de próstata que causou uma parada cardíaca. Um exame também sinalizou que o vocalista sofria de um câncer terminal no cérebro e no pescoço.

LEIA TAMBÉM: Motorhead comemora 40 anos de ‘No Sleep ’Til Hammersmith’ com lançamento de box especial

Tags:
Categorias: Notícias