Membros do Judas Priest citaram o Power Trip e Mastodon

Rob Halford e Richie Faulkner, em entrevista ao jornalista britânico Alan Ovington, falaram se são inspirados por algum artista atual:

Rob: “Se você é um músico de verdade – o que eu quero dizer com isso é se você é um músico que é capaz ter uma mente muito aberta, ouvir outras músicas e ter em mente que você mesmo pode ganhar influência de outros músicos, enquanto você estava encontrando seu caminho – isso terá alguma importância real como uma pessoa criativa. Eu pessoalmente, pode ser em qualquer lugar, a qualquer hora, porque a internet te permite encontrar todos os diferentes gêneros do Heavy Metal, posso ir ao YouTube e escolher uma banda que me interessa – uma banda como o Power Trip, assistir a um vídeo do Power Trip e, em seguida, o YouTube automaticamente levará você para outra experiência. Apreciar as vantagens de levar toda essa nova música, ouvi-la e digeri-la, carregar essa influência de lugar para lugar, de banda para banda. É uma coisa incrível”.

Richie: “Eu acho que quanto mais você ouve, mais você terá o que usar musicalmente, quando você está criando suas próprias idéias, tanto subconscientemente, quanto conscientemente. Algumas coisas, você ouve e elas te excitam musicalmente, e você quer capturar isso e recriar a mesma emoção de uma maneira diferente. Eu tenho uma coisa no meu telefone, que é o novo álbum do Judas Priest. É isso que eu tenho escutado, literalmente, desde que nós refinamos a mix e esse tipo de coisa. Acabei de voltar para a experiência do vinil, e estou a procura de vinis. Você nunca sabe o que vai encontrar. Você ganha um bom trabalho; leia as letras, coloque a agulha, você experimenta a coisa toda, pode ser qualquer coisa, desde o último disco do Mastodon, o álbum Emperor Of Sand, que eu acho fenomenal. Eles realmente incorporaram essa coisa toda – a obra de arte , a embalagem, a experiência do vinil. Poderia voltar para Elvis [Presley] ou para [Rolling] Stones, ou [Jimi] Hendrix Há uma vasta gama de coisas que eu pessoalmente ouço e me inspiro”.

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *