Em recente entrevista à revista Revolver, Corey Taylor, vocalista do Slipknot, e Jim Root, guitarrista da banda, revelaram detalhes sobre a aclamada adição do baterista brasileiro Eloy Casagrande ao grupo.

Corey foi enfático ao revelar o motivo de ter anunciado quem era o novo baterista logo nos primeiros shows (via Blabbermouth): “Foi simples. Eloy foi o único que teve coragem de entrar na sala conosco. Havia outros candidatos, mas nenhum com a paixão e a fome de tocar que ele demonstrava.”

“Ele reorganizou sua agenda para se juntar a nós, e isso nos impressionou imediatamente. Ele não apenas era talentoso, mas também se encaixava perfeitamente na vibe da banda. E nosso público, acostumado com a discrição do grupo, mereceu saber quem estava por trás da bateria.”

O cantor ainda destacou que os outros interessados ao posto não tinham essa disposição de ir pessoalmente tocar com a banda, queriam somente enviar seus vídeos gravados, algo que, segundo Taylor, soava “muito TikTok”.

Jim Root complementou os elogios, destacando a humildade e a dedicação de Eloy: “É um cara superlegal, ele é tranquilo, mas vive e respira bateria. É como uma espécie de mestre Jedi da bateria. Ele me inspira a ser um guitarrista melhor. E sua presença foi recebida com entusiasmo pelos fãs sul-americanos, que se sentem representados por tê-lo na banda.”

O legado do Slipknot

A escolha de Eloy não foi por acaso. Segundo Jim, em entrevista ao Tone-Talk, o nome do brasileiro surgiu após contato direto dele com a banda, enviando vídeos que demonstravam seu talento e paixão pela música. A sintonia com o baixista Alessandro Venturella, que já o conhecia de outras colaborações, facilitou o processo.

Sobretudo, Eloy se mostrou extremamente respeitoso com o legado do baterista original do Slipknot, Joey Jordison, uma grande influência em sua carreira. Sua humildade e paixão pela música contagiaram os demais membros da banda, elevando o nível das apresentações.

Por fim, para celebrar o 25º aniversário da banda, o Slipknot retornou ao visual clássico de 1999, com macacões vermelhos e releituras das máscaras originais. Uma combinação perfeita para marcar a nova fase da banda com Eloy Casagrande.

LEIA TAMBÉM: Eloy Casagrande compartilha vídeo na bateria do Slipknot

Categorias: Notícias