Corey Taylor é um homem sem papas na língua e disso já sabemos. Ultimamente o vocalista do Slipknot e do Stone Sour tem criticado o uso das redes sociais e tem exposto todo o mal que vem com isso.

Durante uma entrevista ao programa de rádio Full Metal Jackie (clique aqui para ouvir a entrevista na íntegra), ele foi questionado sobre suas falas polêmicas e sobre ser visto como “a voz da razão” e deixou claro que gostaria que isso não fosse necessário.

“A coisa que mais me surpreende é que a maioria das pessoas não consegue chegar lá por si mesmas”, ele disse (via Blabbermouth). “Há definitivamente um vácuo nesse país — e ao redor do mundo — de senso comum. E eu acho que isso realmente vem dessa necessidade de abraçar quase que um caos social. As pessoas se treinaram para só ficar confortáveis se houver um drama acontecendo, o que é simplesmente tão tóxico. Nós estamos espalhando essa toxicidade para as pessoas que só pode ser curada uma vez que as pessoas digam, ‘Cara, eu não preciso disso na minha vida.’”

Ele ainda continou: “Especialmente no que diz respeito às redes sociais e situações sociais, a forma como as pessoas estão começando a falar, ninguém pode fazer qualquer movimento atualmente sem que alguém fique puto. E é simplesmente ridículo. Eu realmente queria que as pessoas pensassem antes de twittar ou pensassem antes de postar ou pensassem antes de reagir ou dizer algo ridículo nos comentários. Digo, simplesmente pense. Só pare por um segundo e use a porcaria do seu cérebro. E se você não tiver um? Não poste. É simples assim.”

Enquanto Corey Taylor utiliza das entrevistas para expor seu ponto de vista, ele se encontra em estúdio com o Slipknot trabalhando no sucessor de We Are Not Your Kind (2019). Segundo o percussionista Shawn “Clown” Crahan, o trabalho deve ficar pronto em breve, sendo lançado ainda em 2021.

LEIA TAMBÉM: Clown revela que o Slipknot tem uma música nunca lançada em tributo a Paul Gray

Categorias: Notícias