Brian dá entrevista

Em entrevista a SiriusXM, o vocalista do AC/DC falou sobre o início dos problemas de audição, a conversa que teve com os membros da banda antes de sua saída e como se sente em relação a sua carreira. Confira trechos da entrevista:

“Há uns oito anos eu estava em Watkins Glen [pista de automobilismo em Nova York] e eu estava ficando pronto para correr (…) E uns caras vieram falando ‘Brian, venha rápido, você vai perder a hora!” e eu corri para a pista. Eu coloquei o capacete e pela primeira vez eu esqueci de colocar os protetores de ouvido. O que aconteceu foi, ali fui eu, e depois de uns 35 minutos meu ouvido fez um estalo. E eu pensei ‘O que raios foi isso?’


Brian Johnson solta declaração sobre situação no AC/DC

Mas estava tudo bem. O que aconteceu foi que eu sofri de um zumbido por uns 6 ou 7 meses, mas foi embora e eu estava bem, fizemos uma outra turnê, foi tudo bem. Mas infelizmente no palco você não tem nenhuma defesa. Então quando começamos a turnê eu estava bem, só indo com o fluxo. E acho que com a idade, aquele barulho industrial no palco toda noite. Sabe, você está numa banda de Rock. O que você esperaria?”

Axl Rose faz primeiro show em pé

Ele continua: “Estávamos tocando em Winnipeg num estádio enorme, estava chovendo muito e estava absolutamente gelado. E eu fiquei com febre (…) Logo após o show nós tivemos que pegar um avião para ir para Vancouver, e neste voo de duas horas os fluidos foram até meu ouvido. Mas tínhamos que continuar. Fizemos um show lá, e depois em São Francisco e Los Angeles, e depois fomos para casa para um feriado de de duas ou três semanas. Meus ouvidos ainda não tinham estourado. E eu estava ficando preocupado porque meu ouvido direito, meu ouvido bom, estava ficando surdo. E quando eu cheguei [na Austrália] o médico percebeu que os fluidos haviam cristalizado e estavam destruindo meu ouvido. Então meu ouvido bom, eu perdi… Não sei qual porcentagem, mas o bastante para dificultar muito as coisas. Eles trabalharam comigo, colocaram tubos no meu braço, recebi líquidos e esteroides no meu sistema para tentar limpar. Mas ele me olhou nos olhos com aquela expressão horrível que os médicos fazem e você sabe que algo ruim está vindo. E ele só disse ‘É, infelizmente você não terá isso de volta. Mas vamos trabalhar e tentar’. E tentamos. E fizemos todos os shows na Austrália – e foi ótimo – e voltamos para fazer mais 10 shows na América e infelizmente depois disso eu fiz meu segundo exame e eles falaram ‘você está matando seu ouvido’.”

“Os outros membros viram o que aconteceu, pois eu estava fazendo exames regularmente e perceberam um sério declive. Se eu continuasse, existia uma grande chance de eu nunca mais ouvir novamente. E Angus e Cliff disseram ‘Jonno, você tem que pensar na sua saúde’. Todos disseram ‘Brian, sua saúde vem primeiro. Você fez um ano na estrada, fez tudo. Nós queremos terminar. E foi isso que fizeram.”

Angus Young não pensa em se aposentar

Mas Brian se sente otimista, analisando a carreira que teve:

“O que as pessoas não entendem é que as coisas são assim. É como quando um jogador de algum esporte tem um problema físico. Eu sinto muito por eles porque eles tem 24 ou 25 anos. Eles se machucam e esse é o fim de suas carreiras e isso é uma coisa muito ruim. Mas eu sou sortudo. Tenho 68 – Vou fazer 69 este ano – e eu tive bons momentos. Eu estive em uma das maiores bandas do mundo. [O médico] não disse que eu tenho câncer ou algo terminal. Eu tive tantos tempos bons com os caras e tive uma vida tão sortuda e tão boa, eu tenho apenas gratidão, realmente, de ter saído inteiro”.

Ler todas as noticias do Wikimetal News

Categorias: Notícias