Confira mais um texto escrito por nossos WikiBrothers:

A oportunidade de conhecer outras pessoas que também vivem o Metal, e o sentimento de união que surge dessas velhas e novas amizades é algo muito positivo possibilitado pelo Wikimetal”

por WikiBrothers

No dia 20 de Outubro de 2014 o Wikimetal lançou o episódio de número 200. São 200 podcasts falando sobre Rock/Metal. Mais de 200 horas de áudio (em torno de 9 dias ininterruptos). E para cada uma dessas horas de áudio, quantas mais não foram gastas para chegar no resultado que ouvimos toda semana? Quanto trabalho só para trazer entretenimento para pessoas desconhecidas… mas será que é só isso? Só entretenimento?

Não, não é apenas isso. Ao longo dessas 200 semanas, não é só diversão que o Wikimetal tem proporcionado para todo o seu público. Isso tem bastante, é claro, mas está longe de ser o único benefício que este grande trabalho nos proporcionou.

A contribuição mais evidente é a de manter a chama acesa. Todo dia tem material novo, sejam episódios, imagens, textos ou notícias, e com muita seriedade, dedicação e paixão. E também com a colaboração de todos, como sugere o “Wiki” no nome. E esse é um ponto forte do Wikimetal: dar força a nós mesmos através da participação e troca de conhecimento.

Conhecimento. Não consigo mais enumerar quanta coisa eu aprendi devido ao Wikimetal. Muitas bandas, sejam novas ou antigas, brasileiras ou de fora, de um estilo ou de outro. Aliás, isso também é uma contribuição enorme: não fazer distinção. Como eles mesmo falam, estamos todos sob o mesmo guarda-chuva e somos todos os “excluídos”, não faz sentido nos separarmos ainda mais.

O Orgulho Nacional dá satisfação a um ouvinte de encontrar algo novo, e a banda, que tem mais essa chance de ter seu trabalho divulgado e reconhecido.”

Orgulho Nacional. Todo mundo sabe que o Brasil tem muita banda boa, mas nem sempre é fácil encontrá-las ou estas encontrar uma boa divulgação. Esse simples quadro de poucos minutos proporciona muita coisa para muita gente: a satisfação de um ouvinte ao encontrar algo novo, e o da banda, que tem mais essa chance de ter seu trabalho divulgado e reconhecido. Todo mundo sai ganhando! São bandas que muitas vezes tiveram sua primeira exposição para o grande público através do podcast, e várias das vezes chegando através de indicações de diversos ouvintes. Novamente o conceito de “Wiki” muito presente e fortalecendo a cena.

E o reconhecimento é algo que também acontece com o próprio Wikimetal: “onde mais você ouve uma entrevista como essa?” não é uma frase utilizada à toa, basta ver quanta gente eles já conseguiram alcançar. Não é qualquer um que consegue isso tudo, é preciso ser tão sério e competente quanto o Wikimetal para chegar aonde eles chegaram, uma saga, diríamos, comparada a de grandes bandas que com muita luta conquistaram seu espaço na cabeça dos headbangers brasileiros, como o Sepultura, Krisiun, e outras. Só por isso já podem ser considerados um marco nesta década em termos de grandes realizações em prol da música pesada brasileira.

Outra grande mudança é ver ao longo do tempo o Wikimetal trabalhando fora do Brasil, pois a visibilidade e competência crescente do Portal Wikimetal traz benefícios diversos: desde a possibilidade de novas e diferentes entrevistas quanto a cobertura de grandes shows pelo país. Vale lembrar também que na mesma semana em que foi ao ar o episódio #200, o Wikimetal iniciou um novo desafio: a primeira temporada no canal no youtube. Movimento ousado, mas com tudo para dar certo, e que vai trazer uma visibilidade ainda maior dentro e fora do país: quem aqui dentro iria ignorar algo tão bem planejado e produzido, e quem lá fora não se inspiraria nisso? É difícil ver no mundo inteiro uma iniciativa de cenário rock/metal como essa, então se servir de inspiração para outros “Wikimetal” pelo mundo afora, vai ser uma contribuição de peso para o cenário de Rock e Metal do mundo.

O empreendimento como um todo colabora e muito para o fortalecimento da cena roqueira nacional”

Também se faz necessário relatar a importância que o programa como um todo tem para o crescimento econômico da cena. Isso porque não apenas eu, mas diversos amigos aos quais apresentei o Wikimetal, passamos a consumir material oficial, frequentar shows com mais frequência e divulgar bandas novas ou antigas que não têm espaço reconhecido na grande mídia. Enfim, o empreendimento como um todo colabora e muito para o fortalecimento da cena roqueira nacional, e por que não dizer internacional? Isso porque o podcast divulga em primeira mão bandas estrangeiras que são praticamente desconhecidas por aqui, como foi o caso de Count’s 77, Edge of Paradise, Living Dead Lights e Of Mice And Men, isso só pra citar algumas.

E as amizades que o Wikimetal ajuda a formar? Conhecemos muita gente através do portal, algumas só pela interação nos comentários do site, outras pessoalmente em shows. A oportunidade de conhecer outras pessoas que também vivem o metal, e o sentimento de união que surge dessas velhas e novas amizades é algo muito positivo possibilitado pelo Wikimetal.

Enfim, todos nós só temos a agradecer estes 200 episódios. Obrigado a toda a equipe do Wikimetal, a todos os envolvidos, responsáveis por este imenso trabalho que transpõe barreiras e preza pela qualidade. Trabalho este que só ratifica a ideia de que, juntos, fazemos uma cena forte e duradoura, como é o rock e toda a nossa boa música, independentemente de qualquer estilo ou vertente. E que venha o episódio #300!

De coração, por todos os Wikibrothers.

E para você, leitor, o que mudou após conhecer e acompanhar o Wikimetal em 200 episódios?

*Este texto foi elaborado por um grupo de WikiBrothers e não necessariamente representa as opiniões dos autores do site.

Categorias: Opinião

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *