Músico ainda confessou que não faria o programa novamente

Ozzy Osbourne revelou que ele se sentiu “destruído” na época em que gravava o programa The Osbournes, que acompanhava sua vida e a de seus familiares.

The Osbournes foi ao ar em 2002 e aconteceu durante três anos, se tornando um dos programas originais da MTV mais assistido da emissora. O programa acompanhou uma fase díficil na vida da família do Princípe das Trevas. Por lá, a luta contra o câncer de Sharon Osbourne foi vista por milhares de pessoas, enquanto seus filhos, Kelly e Jack, sofriam com a reabilitação.

Ao falar com a Metal Hammer sobre o programa, Osbourne disse que “se alguém te oferece um caminhão de dinheiro para fazer algo, você aceita”. Mas ele revela que foi mais díficil do que ele imaginava: “Eu achei que seria fácil, mas tenha uma equipe com câmeras por toda a sua casa durante três anos e veja como é complicado. Você se sente como um rato de laboratório.”

Ozzy ainda fala que não faria o programa de novo, “Agora é Kardashianville. O mundo mudou, cara”. O programa foi um dos primeiros creditados como um reality show de celebridades, dando início a uma série de shows como o do baixista do Kiss, Gene Simmons Family Jewels, e Growing Up Twisted, sobre a família do frontman do Twisted Sister, Dee Snider.

LEIA TAMBÉM: Sharon Osbourne está produzindo cinebiografia sobre relação com Ozzy

Confira mais notícias sobre: