No dia 20 de janeiro de 1982, Ozzy Osbourne chocou os fãs – e o resto do mundo – quando mordeu a cabeça de um morcego durante um show no Veterans Memorial Auditorium, em Des Moines, Iowa, acreditando que era um brinquedo jogado por um fã da plateia.

Infelizmente, o morcego era de verdade e apenas voou em direção ao músico, porém Ozzy só percebeu isso quando colocou o animal na boca. Desde então, o nome dele está sempre relacionado a essa loucura, entre várias outras. E Ozzy tem plena consciência disso.

Em uma recente entrevista ao Los Angeles Daily News, o Príncipe das Trevas foi questionado sobre como gostaria de ser lembrado pela história. Ele respondeu: “Não é como eu gostaria, mas sei que serei lembrado como o cara que mordeu a cabeça de um morcego”.

Ozzy ainda brincou com uma ideia de como será a lápide dele quando morrer: “Não será ‘Aqui jaz Ozzy Osbourne. Ele fez algumas coisas boas’, será ‘O lunático que morde morcegos’. E eu não dou a mínima para isso”.

A loucura do músico fez com que ele fosse levado ao hospital Broadlawns Medical Center, onde foi vacinado contra raiva e tétano, como prevenção. Décadas depois, em 2008, Ozzy relembrou o ocorrido e contou a história em detalhes:

“Acho que o morcego ficou atordoado com as luzes, pois estava praticamente congelado. Pensei que fosse um brinquedo. Coloquei na boca e logo as asas começaram a bater. Fiquei assustado, tirei ele da boca e a cabeça acabou saindo. O sabor era todo crocante e quentinho… Parecia com o McDonald’s.”

Categorias: Notícias