Foto por: Fernando Pires / The Ultimate Music

Cantor britânico voltou ao país com uma apresentação animada e surpreendente

Três anos após sua última vinda ao Brasil, Morrissey voltou ao país para se apresentar no Espaço das Américas em São Paulo no último domingo, 2.

Por lá, o ex-Smiths mostrou toda sua força de vocalista e líder de banda enquanto passava por todo seu repertório – deixando um pouco de lado os sucessos que fez ao lado de Johnny Marr (guitarra), Andy Rourke (baixo) e Mike Joyce (bateria) na década de 80.

Sua apresentação começou antes mesmo de subir ao palco. 35 minutos antes de chegar se exibindo e vestindo uma camiseta com seu próprio rosto desenhado, Morrissey selecionou vídeos e clipes para animar o público enquanto esperavam por ele. “Rebel Rebel” de David Bowie foi um dos últimos a aparecer e foi muito bem recebido pelos fãs.

21:05 em ponto – um horário incomum para iniciar um show, porém não tão incomum quanto o artista – Morrissey chega com “William It Was Really Nothing” e “Alma Matters” arrancando coros do público.

Sem polêmicas e discusos políticos, o cantor parecia saudável como se não tivesse passado por um susto em 2015 quando sofreu com um pesado tratamento contra um câncer.

Em boa forma e com muito entusiasmo, Morrissey fez piadas, autografou discos de fãs que estavam na grade e apresentou até um cover: “Back on the Chain Gang” do The Pretenders, que ele gravou como faixa bônus para o último disco, Low In High School (2017).

A setlist contou, em sua maioria, com músicas solos do cantor e apenas três de sua antiga banda The Smiths – a já citada “William, It Was Really Nothing”, “Is It Really So Strange?” e “How Soon Is Now?” – mas o público estava lá para curtir suas composições, independente da época. A plateia acompanhava cada palavra que Morrissey cantava, o inspirando a sair do palco repetindo incansavelmente “eu te amo” aos fãs.

Morrissey @ Espaço das Américas – 02/12/2018

1. “William, It Was Really Nothing” (The Smiths)
2. “Alma Matters”
3. “I Wish You Lonely”
4. “Is It Really So Strange?” (The Smiths)
5. “Hairdresser on Fire”
6. “November spawned a monster”
7. “Break Up the Family”
8. “Back on the Chain Gang” (The Pretenders)
9. “Spent the Day in Bed”
10. “Sunny”
11. “If You Don’t Like Me, Don’t Look at Me”
12. “Munich Air Disaster 1958”
13. “Dial-a-Cliché”
14. “The Bullfighter Dies”
15. “How Soon Is Now?” (The Smiths)
16. “Hold On to Your Friends”
17. “Life Is a Pigsty”
18. “Jack the Ripper”
19. “Jacky’s Only Happy When She’s Up on the Stage”
BIS
21. “Everyday Is Like Sunday”
22. “First of the Gang to Die”

Confira mais notícias sobre: