Músico pediu que não votassem nele

O membro do duo noruguês Darkthrone Fenriz foi eleito ao conselho da sua cidade de Kolbotn sem querer. O músico, cujo nome verdadeiro é Gylve Nagell, disse ter feito campanha para não ganhar.

Nagell explicou que havia concordado em estar na lista dos suplentes dos representantes, imaginando que nunca ganharia a eleição. “Eu disse sim porque imaginei que eu ficaria em 18º lugar e não teria que fazer nada. Minha campanha era uma foto minha segurando meu gato escrito ‘não votem em mim'”.

Contrariando expectativas, Fenriz ganhou a eleição de suplente e terá um termo de quatro anos. “Depois da eleição os caras me ligaram e disseram que eu era um representante. Eu não fiquei muito feliz”.

Fenriz diz que não deve ter muito trabalho: “Basicamente eu tenho que ir para as reuniões quando alguém ficar doente ou algo assim”.

O Darkthrone, banda de Black Metal da Noruega, foi fundada em 1986 e é formada pelos membros Fenriz e Nocturno Culto.

Categorias: Notícias