A acusação veio de sua ex-namorada

O baixista da banda do Marilyn Manson, Jeordie “Twiggy Ramirez” White foi acusado de estupro pela vocalista do Jack Off Jill, Jessicka Addams.

Em uma publicação no Facebook, Jessicka revela que foi estuprada pelo baixista nos anos 90 quando ela tinha apenas 18 anos e eles namoravam.

Ela conta que uma vez Twiggy foi visitá-la no apartamento de seu amigo Pete e a forçou ficar no chão enquanto a segurava pelo pescoço. “Eu disse NÃO. Eu disse NÃO. Eu falei tão alto que Pete correu para o quarto ver o que estava acontecendo. Mas eu já tinha sido estuprada. Eu tinha sido estuprada por alguém que eu achei que amava”, ela escreve.

Jessicka explica o motivo de ter esperado para contar sua história, “a gravadora temia que a máquina por trás de Marilyn Manson usasse seu poder para não apenas destruir o Jack Off Jill mas também o meu nome. A pressão e culpa que me cercaria com as consequências disso afetando meus colegas de banda me mantiveram calada por muitos anos”.

Manson divulgou uma declaração comentando sobre as acusações: “Eu sabia que Jessicka e Jeordie tiveram um relacionamento amoroso anos atrás e eu considerava e ainda considero Jessicka uma amiga. Eu não sabia sobre essas alegações até recentemente e eu estou triste com a angústia que ela carrega”.

Twiggy saiu da banda de Manson em 2002 e retornou seis anos depois. Ele ainda não comentou publicamente sobre as acusações.

Confira mais notícias sobre: