Durante uma entrevista à rádio alemã Regenbogen (via Blabbermouth), Slash revelou que ele, Myles Kennedy e mais dois companheiros de banda pegaram covid-19 enquanto gravavam o novo álbum de estúdio. O grupo irá lançar o disco 4 em 11 de fevereiro e já divulgou o primeiro single, “The River Is Rising”.

“A história mais engraçada sobre esse álbum foi a coisa da covid, pois fomos com o ônibus de turnê para Nashville para maior segurança, não usamos transporte comercial. E lá gravamos todo o álbum”, contou o guitarrista.

“Então recebi uma ligação do Myles em estúdio quando estava me preparando para fazer os overdubs, e ele disse ‘Cara, testei positivo’. E em seguida dois outros caras testaram positivo, todos foram pra quarentena. E ainda tínhamos que fazer percussão e backing vocal, mas meio que paramos com tudo, mixamos o que tínhamos, o que já era bastante, e gravamos os backing vocals no fundo da casa em que estávamos todos, já de quarentena”.

Slash então conta que os colegas melhoraram e ele logo testou positivo. “Fiz quarentena, mas eu já havia tomado vacina, então apenas fiquei de quarentena por poucos dias. Saí, fizemos a percussão, mixamos o resto do disco e fomos embora. Essa foi a experiência que todos tivemos, tendo que passar por esta coisa toda de covid durante as gravações.”

LEIA TAMBÉM: Slash confirma shows do Guns N’ Roses na América do Sul em 2022

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *