Slash disse que foi “arrastado” para um show da Cher e teve que sair para fumar a cada música

O Slash disse que ver um show da cantora Cher o ajudou a parar de fumar quase uma década atrás.

O guitarrista do Guns N’ Roses não fuma desde 2009. Ele admite que ver sua mãe perder a batalha contra o câncer de pulmão o fez perceber que não precisava do vício.

“Eu parei de fumar nove anos atrás, quase dez”, disse Slash em entrevista. “Quando eu fumava, tive pneumonia. E isso me ajudou a parar. E quando eu vi um show da Cher uma noite antes, que foi quando eu peguei a doença. Então a Cher me ajudou a parar de fumar. Eu comecei a fumar tabaco sem fumaça e depois chiclete de nicotina”. Ele disse que foi “arrastado” para o show da Cher em Las Vegas. “Eu tinha que sair para fumar a cada música”.

Sobre parar, Slash disse que é difícil. “Você tem gatilhos o tempo todo. Eles duram dois segundos ou menos, mas são muito, muito potentes. E não dá para ver alguém fumando na televisão. No ponto de ônibus você vê alguém com um cigarro e pensa ‘oooh’. Acontece pelo menos uma vez por dia.”

O guitarrista costumava fumar 60 cigarros por dia. Ele se descreve como um “fumante compulsivo. Eu não conseguia lidar com o fato de que não podia fumar em qualquer lugar que quisesse”. Em países que é proibido fumar na rua, Slash já foi processado por acender o cigarro no palco.

LEIA TAMBÉM: Slash diz que Greta Van Fleet está faazendo o rock deixar de ser chato

Categorias: Notícias