Do Thrash ao Death: Mulheres no Metal Extremo

Na semana do Dia Internacional da Mulher, não poderia faltar um espaço para falarmos das mulheres que se dedicam  a real música pesada. Seja com vocal gutural, ou tocando algum instrumento, elas mostram que não só conseguem fazer tudo o que os homens fazem, mas que o fazem com maestria. Se você é fã de Black e Death Metal, ou quer conhecer um pouco do estilo, esse post é pra você!

Mayara Puertas – Torture Squad
Mayara começou sua carreira no Necromesis, banda de Death Metal de Santo André/SP. Desde 2014 ela está a frente do Torture Squad. Atualmente, a banda está em uma extensa turnê pela América do Sul, divulgando seu último trabalho Far Beyond To Existence.

Hécate – Miasthenia
O Miasthenia é uma banda de Pagan Metal de Brasília e com letras em português, e surgiu na década de 90. Hécate, é vocalista e tecladista.

Yngrid Arkana e Andreia Larakna – Luxúria de Lillith
Outra banda brasiliense, agora de Black Metal e com duas mulheres em sua formação: Yngrid Arkana toca baixo, enquanto Andreia Larakna é a guitarrista.

Maysa Rodrigues – Cauterization
O Cauterization é uma banda de Death Metal de Presidente Prudente, São Paulo. Maysa Rodrigues é vocalista e guitarrista.

Simone “Som” Pluijmers – Cerebral Bore
Simone ficou conhecida pelos seus vocais brutais no Cerebral Bore. Atualmente, a vocalista está na banda Your Chance To Die, onde divide os vocais com Missi.

Outras bandas que você SERIAMENTE deve pensar em ouvir: Demonic Christ, Astarte, Cripper, Sisters Of Suffocation, Vulture, Dehydrated, Abnormality e muito mais! Tem alguma sugestão de bandas de Metal Extremo com mulheres? Deixe nos comentários!

Categorias: Notícias Opinião

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *