Mark Lanegan, vocalista que ficou conhecido como líder da banda Screaming Trees e também cantou no Queens of the Stone Age e em carreira solo, morreu aos 57 anos. Causa da morte não foi divulgada.

A notícia foi divulgada no perfil oficial do cantor no Twitter. “Nosso amado amigo Mark Lanegan morreu essa manhã em sua casa em Killarney, na Irlanda. Um amado cantor, compositor autor e músico, ele tinha 57 anos e deixa sua mulher Shelley. Não há mais informações disponíveis por enquanto. Por favor, respeitem a privacidade da família”, diz o comunicado.

Recentemente, Lanegan compartilhou sua experiência difícil contra a COVID-19 em seu novo livro intitulado Devil in a Coma. O cantor foi infectado pelo vírus em março de 2021 e sofreu com sequelas da doença. Em um comunicado à imprensa (via Consequence of Sound), ele disse que ficou “completamente surdo” e “entrando e saindo do coma” após ter contraído o coronavírus.

Na época do comunicado, a CoS entrou em contato com um representante do livro de Mark e questionou o atual estado de saúde dele. Eles disseram que o músico já teria recuperado sua audição, mas sua saúde ainda “está instável”.

Descanse em paz, Mark Lanagen.

Categorias: Notícias