Após o fundador do Spotify defender a permanência do podcast de Joe Rogan em seu catálogo, cerca de 70 episódios do programa foram removidos da plataforma no último fim de semana, 6. O caso, entretanto, não é relacionado às reivindicações de Neil Young e outros artistas.

De acordo com a Billboard, a medida se deu após a cantora de R&B India.Arie compartilhar registros em que Rogan usava repetidamente um vocabulário racista para se referir a pessoas negras. Ainda de acordo com o site, o apresentador teria feito um vídeo de seis minutos demonstrando arrependimento e dizendo que essa era a coisa “mais vergonhosa” da qual já precisou falar publicamente.

O CEO e fundador do Spotify, Daniel Ek, enviou uma carta a seus funcionários, a qual a Billboard teve acesso. Nela, o empresário pede desculpas pelo modo como toda a controvérsia com Joe Rogan tem afetado o restante de sua empresa e esclarece que os comentários “incrivelmente prejudiciais” do apresentador “não representam o valor desta empresa”.

“Acho que é importante vocês saberem que conversamos com Joe e sua equipe sobre determinados conteúdos de seu programa, inclusive seu histórico de usar linguagem racial insensível. Depois dessas conversas e de refletir por conta própria, ele decidiu remover um determinado número de episódios do Spotify. Ele também publicou um pedido de desculpas ao longo do fim de semana,” escreveu Daniel Ek.

O CEO ainda comentou que apesar de “condenar fortemente” as palavras de Rogan e concordar com sua decisão de remover os episódios da plataforma, ele “não acredita” que “silenciar” o apresentador seja a resposta. “Nós devemos ter limites bem estabelecidos em relação a conteúdo e agir quando estes são cruzados, mas cancelar vozes é um terreno perigoso. Se olharmos mais abertamente para o problema, é o pensamento crítico e o debate aberto que fortalece o progresso real e necessário,” escreveu.

Durante a última semana, uma série de artistas seguiu o exemplo de Neil Young e pediu para ter seu catálogo removido do Spotify em protesto pela permanência do podcast de Joe Rogan no ar. O programa é conhecido por seu teor negacionista e por receber convidados conspiracionistas.

LEIA TAMBÉM: Joe Rogan se pronuncia após polêmica que tirou Neil Young do Spotify

Tags:
Categorias: Notícias