Jason Newsted entrou no Metallica com a enorme responsabilidade de substituir o genial Cliff Burton, baixista dos três primeiros álbuns da banda, que morreu em um trágico acidente aos 24 anos de idade.

Três semanas após o funeral de Burton, o então baixista Flotsam and Jetsam foi convocado e teve aprovação também da família de Cliff, como narrou em recente entrevista à Metal Hammer em edição especial sobre os 40 anos do Metallica. 

“Apenas de estar entre eles era muito especial. Eu fui completamente preparado e confiante”, lembra. A audição aconteceu em São Francisco e Newsted foi o último a se apresentar. Ele ainda estava no voo de volta a Phoenix quando recebeu o convite de Lars Ulrich para mais um teste. 

“Naquela noite, foi o terceiro dia que toquei com os caras, acho que passei a noite em San Francisco pela primeira vez”, continuou. “Naquela terceira noite, os ‘anciãos’ vieram para dar sua bênção. Torben Ulrich, os Burtons, alguns caras da equipe, pessoas que estiveram lá desde o início”. 

Ainda sem ser convidado para ser o novo baixista do Metallica, Newsted tocou alguns clássicos com a banda na presença de tantas pessoas ilustres na história do grupo. “Então, estava apenas me recompondo por um segundo, abaixando meu baixo, desligando o amplificador de Cliff – estava tocando a porra do amplificador de Cliff! – e Jan [Burton, a mãe de Cliff] entra sozinha na sala e me segura, chamando minha atenção. Ela disse, ‘Ótimo trabalho, filho’. Ela me abraçou pelo que passou um bom tempo e disse: ‘Você é o certo, você deve ser você. Por favor, fique seguro, nós amamos você’, e ela me deu um beijo”, contou. “Isso foi há 35 anos, e eu nunca, jamais esquecerei”. 

LEIA TAMBÉM: Anthrax relembra morte trágica de Cliff Burton durante turnê com o Metallica: “Ele era um de nós”

Categorias: Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *