Os filhos de Josh Homme, líder do Queens Of The Stone Age, pediram proteção legal contra o próprio pai, alegando que ele é “abusivo” e que têm medo dele.

Orrin, de 10 anos, e Wolf, de 5 – ambos filhos da antiga relação de Homme com Brody Dalle, dos Distillers – afirmam que o pai é “assustador” e temem pela sua segurança. Segundo informações da TMZ, o Orrin relatou um incidente recente no qual o pai chegou até mesmo a pegar em suas partes íntimas.

Além disso, o músico, segundo os próprios filhos, já bebeu no carro enquanto dirigia com eles e chegou até, em uma ocasião, bater na cabeça de Orrin e jogar objetos nele. A agressão também é psicológica, com Homme chamando o filho de gordo de forma pejorativa.

Como se isso não bastasse, os filhos revelaram que Homme ameaçou, na frente deles, assassinar o atual namorado da mãe das crianças, Brody Dalle. Wolf, filho mais novo, diz que ele se refere a Brody apenas com xingamentos e diz que tem medo de ir até a casa do pai.

Caso a ordem de restrição seja concedida, Josh Homme seria obrigado a ficar a pelo menos 91 metros de distância deles e do cachorro da família.

Vale lembrar que as polêmicas envolvendo Josh Homme não são novidades. Há alguns anos, o músico chutou uma fotógrafa durante uma apresentação e a própria ex-esposa Brody já conseguiu uma ordem de restrição contra ele. Ela afirmou na época que ele teria aparecido bêbado em sua casa e lhe agredido com uma cabeçada depois do divórcio, que aconteceu por volta de novembro de 2019.

Procurada pelo TMZ, a advogada do músico Susan Wiesner comentou o novo processo com confiança: “A Sra. Dalle já trouxe essas acusações previamente à polícia, ao DCFS [Departamento de Segurança para a Criança e a Família], e ao juiz que preside sobre o Tribunal da Família, todos os quais se recusaram a tomar qualquer atitude com base nessas acusações espúrias.”

Josh Homme, tentando resolver a questão, pediu na época uma ordem de restrição contra Brody Dalle, por ela supostamente estar tentando fazer com que ele fosse preso por violar a sua ordem de restrição.

Categorias: Notícias