Arnaldo Antunes, Nando Reis, Sergio Britto e Tony Bellotto usaram as redes para repudiar o uso indevido da música “O Pulso” dos Titãs.

A faixa foi usada em um vídeo de convocação para manifestação em apoio ao governo de Jair Bolsonaro.

O Titãs já anunciou que está tomando medidas judiciais para tirar a música do ar. A banda soltou a seguinte mensagem de repúdio em suas redes sociais:

View this post on Instagram

ATENÇÃO – NOTA OFICIAL☝🏽

A post shared by Titãs (@titasoficial) on

Em um segundo post, o Instagram oficial do Titãs afirmou: “Nós, Titãs não apoiamos o Governo Bolsonaro. Nem compactuamos com ataques à democracia e às instituições democráticas. Não autorizamos o uso de nenhuma de nossas músicas. E estamos tomando as medidas legais para a retirada desses vídeos na internet.”

A faixa “O Pulso” está presente no álbum Õ Blesq Blom de 1989. Foi composta por Arnaldo Antunes, Tony Bellotto e Marcelo Fromer.

Pelo Twitter, o ex-Titãs Nando Reis também se manifestou. Ele divulgou o vídeo, no qual Arnaldo Antunes expressa seu descontentamento contra a publicação que foi compartilhada por Olavo Carvalho:

“Mesmo não sendo autor na canção em questão, expresso aqui meu repúdio ao uso indevido desta, que faz parte da minha história e na qual estou presente tocando contrabaixo”

Confira o vídeo de Antunes aonde ele diz “É muito revoltante ver uma criação minha ser usada contra todos os meus princípios. Esse uso vai contra tudo que eu prezo, defendo e acredito. As instituições como o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal preservam aquilo que ainda nos resta de democracia.”

Categorias: Notícias