Veja a declaração

Um representante da polícia de Detroit revelou a revista Variety que a morte do vocalista Chris Cornell está sendo investigada como possível suicídio. Cornell faleceu na noite de ontem, dia 17 de Maio, aos 52 anos.

O porta-voz da polícia Michael Woody comunicou o seguinte:

“À meia-noite recebemos uma ligação do MGM Grand Casino Hotel. Aparentemente um amigo da família estava checando Cornell a pedido de sua esposa. Ele foi ao hotel e o achou inconsciente no chão do banheiro. A polícia fez contato com o serviço médico emergencial, que o declarou morto na cena.

No momento a nossa investigação está inclinada a considerar a possibilidade de suicídio, mas devemos esperar o relatório médico para determinar a causa da morte. Neste momento não podemos divulgar informações do que observamos no quarto de hotel de Cornell ou o que nos fez considerar a possibilidade”.

Confira mais notícias sobre: