Confira vídeos

Após encurtar duas músicas do show em Copenhagen, o Metallica foi forçado a adiar o segundo show na cidade após ordens médicas para que James Hetfield não cante “nem mais uma nota”.

Em show no último dia 3, Hetfield sentiu um problema na voz e reclamou diversas vezes durante o show, chegando a perguntar à plateia se a banda deveria interromper o show. A banda prolongou o máximo possível mas acabou encurtando o show em duas músicas.

Ontem, o Metallica divulgou um comunicado cancelando o show seguinte na cidade, que aconteceria no dia 5:

“Estamos muito desapontados em ter que compartilhar isso com vocês, mas infelizmente com o progresso do show de sábado, a saúde de James e especificamente sua garganta não estão melhorando, e médicos ordenaram que ele não cante nem mais uma nota. Então infelizmente temos que avisá-los que estamos adiando o show no Royal Arena até o dia 2 de Setembro.

Nossa semana em Copenhagen é algo que tínhamos marcado no calendário por muito tempo como um evento especial, não apenas para nossos amigos na Dinamarca como para nós, que estávamos ansiosos para celebrar a nova arena com vocês.

A todos que estavam lá ontem, nós apreciamos o encorajamento que vocês nos deram para continuar. Isso significou o mundo para nós. E todos nós ficamos muito chateados por não conseguirmos dar a experiência máxima do Metallica. Foi um dos shows mais desafiadores que já fizemos, e o seu amor e apoio nos ajudou a continuar”

Veja abaixo vídeos da performance em Copenhagen e o momento em que Hetfield pede para que a plateia escolha entre parar ou continuar:

Confira mais notícias sobre: