Confira mais um texto escrito por um de nossos WikiBrothers:

Aconselho a todos aqui a se dedicarem a música. Se inspirem nos seus ídolos”

Por Phil Modolo, WikiBrother

Só quem sabe o que é ter o Metal entranhado no corpo e alma reconhece seu verdadeiro propósito na vida e nos problemas pessoais. Irei abordar um pouco desse assunto e tentar trazer um pouco de vontade em continuar seguindo esse caminho, principalmente como músico, contando um pouco do que passei, do que passo, e como o Metal me ajuda a superar tudo isso! Long Live Rock n’ Roll.

Vejo muitos amigos meus que amam música, sonham em terem banda de sucesso e quem sabe chegar no estrelato dos grandes astros do Rock. Porém, eu não vejo metade da vontade do que nossos corações do Metal do Rock/Metal tinham nos anos 70 por exemplo. Depois de uma pesquisa superficial, cheguei aos dados que Slash treinava seis horas por dia, Zakk Wylde treinava oito horas a doze por dia e por aí vai.

Eu sempre tive vontade de cantar mas não fazia ideia de como fazer. Muito menos que poderia chegar no nível que cheguei. Assim que pude pagar aulas de canto comecei as devidas aulas, estudei somente por 2-3 meses e não pude continuar por falta de verba, o que me abalou bastante, pois eu finalmente estava chegando nos tons de Dio, Bruce, Ozzy etc… Você parou de cantar? Muito menos eu, eu comecei a estudar mais, sozinho, com riscos de estragar a voz, porém safo do que poderia prejudicar minha voz e um caminho preparado para seguir, parecia que eu estava vendado e meu professor de canto tirou as vendas.

Comecei a treinar não 40 minutos por dia, mas três horas. É uma progressão, você não começa cantando três horas de cara sem sua voz começar a falhar e você acabar rouco por 2 semanas e meia, então embarquei num aumento de dez minutos diários até chegar as tão desejadas três horas de canto em cima de Iron Maiden, sem descanso. Foi desafiador, agradeço muito a algumas músicas do Twisted Sister como “Stay Hungry”, e a muitos de meus amigos como o Ygor Soares, Lorrane Thomé, Manoela Fávaro, entre outros que sempre me deram apoio, elogiavam quando estava uma merda pra não me desanimar quando eu estava pra baixo, e eram duros, criticavam quando eu estava bem e notavam problemas.

O Metal/Rock não é um estilo de música, mas sim um estilo de vida, um modo de viver, algo para se apoiar nos momentos difíceis, nos tira da vala quando estamos na mesma, e nos dá mais poder quando estamos com uma concentração de energia na palma das mãos! Não vejo mais como poderia viver sem sentir essa sensação qual o Metal/Rock me dá.

Aconselho a todos aqui a se dedicarem a música, se inspirem nos seus ídolos, deem motivo para que se eles vissem seu material ficassem orgulhosos de saber que você se tornou um verdadeiro músico e ainda mais inspirado neles. A propósito, André Matos, se você chegar a ler esse texto, faça o favor de marcar um café comigo, agradecido desde já…

Caso alguns de vocês resolvam começar a cantar lá vem umas dicas simples:

• Jamais force demais suas cordas vocais. Sentiu as cordas vocais cansadas como se você tivesse falado muito? Pare por pelo menos oito horas, ou volte no dia seguinte que é como faço.

• O descanso é o melhor aliado do vocalista, não importa se você bebeu no dia anterior a um show (o que é estritamente desaconselhável) se você dormir até se cansar de tanto dormir, você fará o show bem.

• Água é seu segundo melhor aliado. Beba água, o dia todo. Seu instrumento é você, você precisa estar bem hidratado para a secreção não ressecar e não atrapalhar o canto.

• Noção é seu terceiro, se sua garganta está coçando, você está se sentindo incomodado com algo, está arranhando, está o diabo que for diferente de quando você fala, você está cantando errado e logo você vai ganhar uns belos calos lindos.

• Seu maior inimigo é o cigarro. Jamais fume se você canta, para quem fuma e não consegue largar, compre um vaporizador, ou cigarro eletrônico, como preferir.

• Não beba antes de show, muito menos no dia anterior. Se você beber antes de um show não vai sentir tanta diferença se não canta músicas tão difíceis como Carry On. Mas se você beber um dia antes de um show, você está ferrado, as horas de sono vão ajudar, mas não farão milagre.

• Estude afinação. Por mais que sua técnica seja ruim, se você estiver afinado você vai ser audível, mas se você tem muita técnica e canta tudo fora do tom, você precisa fazer repetição de tônica urgente!

Pra finalizar, segue um dos vídeos de meu canal, e minhas redes sociais. Infelizmente para mim é um pouco complicado gravar muitas coisas de qualidade devido a falta de equipamento bom:

https://www.facebook.com/philippe.modolo
https://www.instagram.com/philmodolo/?hl=en
https://www.youtube.com/channel/UC5sggoQprY67zkkcIeeewXA

*Este texto foi elaborado por um Wikimate e não necessariamente representa as opiniões dos autores do site.

Confira mais notícias sobre: