Leia a declaração

O vocalista do Slipknot e Stone Sour Corey Taylor foi entrevistado na Loudwire e falou sobre os recentes suicídios de Chris Cornell e Chester Bennington. Taylor falou sobre o comentário de Head, do Korn, que inicialmente havia dito que o suicídio Chester Bennington foi um ato covarde. Head pediu desculpas por sua declaração e disse que falou com “um coração partido”.

Taylor comentou: “Chamá-los de ‘covardes’ é um jeito muito imaturo de ver as coisas. Obviamente quem disse isto está machucado, e é por isso que acaba falando assim. É o jeito fácil de ver as coisas desse jeito, porque você não precisa encarar de um jeito sério. É fácil falar assim pra poder virar as costas e fingir que não aconteceu, quando na verdade você está sofrendo por dentro. As pessoas que lutam contra depressão estão em sofrimento constante. A maré sobe, abaixa, e às vezes é difícil passar pelos momentos.”

O vocalista disse que ele mesmo sofre de depressão: “Eu tenho que exercitar, tenho as pessoas com quem falar para que eu não acabe batendo de cara com a parede. Mas é difícil. É duro. E algumas pessoas não tem esse luxo. Algumas pessoas, tipo nossos amigos, a parede dá um soco de volta e é uma tragédia. Isso não faz deles covardes”.

Confira mais notícias sobre: