Dante Mantovani, de 35 anos, foi nomeado como o novo presidente da Funarte (Fundação Nacional de Artes) nessa segunda-feira, 02. O maestro de Londrina, que tem um canal no Youtube onde fala sobre música e outros assuntos semelhantes, agora é responsável por políticas públicas de incentivo à artes.

Em um novo vídeo, Mantovani fala sobre o rock and roll e diz que o gênero “ativa as drogas, que ativa o sexo, que ativa a indústria do aborto”. Na sua teoria, o aborto ainda associa às pessoas ao satanismo, que estaria presente nas músicas dos Beatles e de John Lennon.

Intitulado “Qual a relação entre os Beatles e Adorno?”, o maestro fala sobre o grupo de Liverpool e outros ícones da música e traça um paralelo ao movimento de esquerda do país. Ele chega a citar Elvis Presley como “experimento soviético para destruir a juventude, a moral e as famílias”.

“Nos anos 50 apareceu um tal de Elvis Presley que fazia todo mundo cantar, sacolejar, balançar o quadril, né. Todo mundo ama esses caras. Começam a ser introduzidos certos comportamentos. O Elvis Presley morreu de overdose, né.”

Mantovani foi indicado ao posto pelo governo Bolsonaro e ainda diz que a CIA distribuiu drogas no festival Woodstock. Veja o vídeo completo logo abaixo.

Categorias: Notícias