Do novo som do BMTH, Sykes disse: “é um milhão de vezes mais empolgante do que essa merda que se ouve nas rádios”

Oli Sykes, vocalista do Bring Me The Horizon, disse que o “rap é quase o novo punk”. Argumentou, também, que o “rock se tornou suave, miserável e chato”.

A banda lançará em janeiro o novo álbum Amo, que se distancia um pouco das raízes do metal. Sykes disse que é importante para eles evoluírem para manter uma conexão emocional.

“É por isso que os rappers são os novos rock’n’roll ou punk ou o que seja”, Sykes disse para a Music Week. “’O rock está suave, miserável e chato, não há mais nada de realmente animador nele. Então, é importante que nós atravessemos. Sentimos que pertencemos em um lugar em que as pessoas gostam de música. Não é sobre quão pesado nós somos.”

O tecladista Jordan Fish continuou: “Um monte de artista que eu gosto mudou constantemente pela carreira. Radiohead é uma das minhas bandas favoritas – e eu não nos compararia ao Radiohead – mas muita gente diria que prefere The Bends. Eu não gosto do material antigo, eu gosto de quando eles se tornaram eletrônicos.”

Sykes disse que mesmo que eles possam fazer músicas mais comerciais agora, o que importa é que eles continuam “emocionantes e empolgantes”.

“Mesmo se é uma música mais pop. É um milhão de vezes mais empolgante que essa merda que se ouve na rádio. É emocionante, tem profundidade, e sempre vai te pegar e fazer você sentir algo”, acrescentou.

LEIA TAMBÉM: Fã morre em show do Bring Me The Horizon

Confira mais notícias sobre: