O guitarrista Paul Landers disse que o novo disco “não é muito estéril, nem muito limpo”

Paul Landers, guitarrista do Rammstein, se abriu sobre o próximo disco. Ele disse que os integrantes estão trazendo um elemento de diversão pela primeira vez em algum tempo.

Falando à Guitar World, o guitarrista e Richard Kruspe explicaram como a banda está abordando de forma diferente o novo som.

“Não é muito estéril, nem muito limpo”, disse Landers. “Tem muita vida e energia, mas não é só raiva. A música é mais do que isso. É diferente para o Rammstein. Você pode até dizer que é divertido de ouvir”.

Ele adicionou que “hoje, qualquer um com um computador em casa pode fazer música em casa. Você pode programar coisas e ter um programa de bateria comum som legal. E isso é legal, mas nosso objetivo era fazer algo que não pode ser feito em casa. Que dê para ouvir os humanos por trás dos instrumentos.”

Landers ainda disse que o processo foi frustrante em alguns momentos. “Nós nunca nos damos bem. Toda vez que nos vemos, nós brigamos. Somos seis caras e seis opiniões diferentes; estamos muito envolvidos em tudo. Então ficamos bravos. Não nos socamos nem nada assim. Tentamos apenas gritar, mas não nos resolvemos ainda. Espero que não tenhamos que sair na mão e consigamos decidir tudo apenas conversando.”

LEIA TAMBÉM: Rammstein: “falam mais do fogo no show do que da nossa música”

Categorias: Notícias