Leia trechos do post

O policial da cidade de Kensington no Canadá que fez um post que viralizou por alegar que motoristas bêbados serão forçados a ouvir Nickelback retirou a publicação da página e publicou um pedido de desculpas à banda.

O post dizia, em tom de piada, que motoristas bêbados “além de uma multa grande, uma ficha criminal e anos de suspensão de carteira” ganharão “o bônus de ouvir Nickelback no carro da polícia durante o caminho até a cadeia”.

Agora, o policial Robb Hartlen publicou um longo pedido de desculpas à banda. Confira alguns trechos:

“Como vocês viram, nosso pequeno post se tornou uma história internacional. E em algum lugar no meio do barulho a mensagem ‘se beber, não dirija’ foi perdendo espaço para a negatividade em relação à banda que eu disse que você ouviria se dirigisse bêbado. No início eu estava ok com o jeito que eu escrevi o post. Eu tinha certeza que uma banda enorme de sucesso internacional ficaria bem com a piada, afinal é tudo por uma boa causa. Mas quanto mais sucesso o post fazia, menos a mensagem de ‘não dirija bêbado’ era mencionada e o fato de que nós amamos ou amamos odiar o Nickelback ganhava atenção. E isso me fez pensar menos no Nickelback como uma banda e mais como quatro caras, quatro humanos de Alberta que foram arrastados para essa história. E quanto mais eu pensava nisso, menos engraçado ficava o post.

E por isso eu peço desculpas.

Peço desculpas a Chad, Ryan, Mike e Daniel. Não apenas como membros do Nickelback mas como Canadenses. Eu peço desculpas por não ter pensado em vocês como apenas caras. Ter que ver a mídia falar de vocês desta maneira e não ter como se defender. Eu não pensei em vocês ou suas famílias quando as notícias usavam vocês como piada. Eu não pensei que vocês foram os primeiros a ajudar quando outros canadenses no Fort Mac* precisaram de ajuda. Eu não parei para pensar que vocês não apenas dão dinheiro para centenas de caridades como também doam o seu tempo.

Vocês compartilham tanto com tantos e eu realmente me sinto mal por ter feito o que fiz. Não foi minha intenção, não foi meu desejo, mas foi o que aconteceu. Então eu peço desculpas.

Nós somos melhores que isso. Como Canadenses, somos melhores que isso. Nós não aceitamos bulling, crueldade ou qualquer coisa que minimize o trabalho que outras pessoas fizeram. Nós lutamos por aceitação, por igualdade, por justiça.

Nós somos melhores que isso.

Então, ao invés de apenas me afastar do meu erro, eu busquei contato com o Nickelback. Contatei Chad, Ryan, Mike e Daniel. Contatei suas famílias e me desculpei, mas ainda tenho muita crença na mensagem original, que é ‘se beber, não dirija’. E falando com eles eu descobri uma ótima notícia. Eles também tem essa crença. Então eu decidi que a melhor coisa a se fazer era retirar o post original. “

*A banda foi headliner num festival beneficente para ajudar famílias afetadas por um incêndio na área de Fort McMurray.

Categorias: Notícias