A Penny Lane, rua que inspirou o clássico de mesmo nome dos Beatles, pode passar por uma mudança de nome. O prefeito de Liverpool, Steve Rotherham, disse à Sky News que vai considerar renomear a rua caso as ligações do nome atual com a escravidão sejam confirmadas.

Durante os diversos protestos antirracistas que têm acontecido no mundo todo, a placa sinalizando a Penny Lane foi vandalizada por ativistas que argumentam que a rua tem esse nome inspirado no comerciante de escravos do século 18, James Penny.

O prefeito Rotherham disse que sua equipe está investigando a possível ligação, pois estudos revelam que a rua pode ter recebido esse nome devido a uma espécie de pedágio que tinha no local antigamente, levando-a a ser conhecida como Penny Lane – a palavra “penny” aqui se refere à moeda em inglês.

A investigação está sendo conduzida pela prefeitura com o apoio do Museu da Escravidão de Liverpool e o prefeito disse que caso eles encontrem provas da ligação com James Penny, ele irá renomear a rua. “Algo precisará ser feito. Aquela placa estará em perigo e eu imagino que poderemos renomear a rua”, ele disse.

Nenhum representante da banda e dos integrantes divulgou qualquer comunicado e nem Paul McCartney e Ringo Starr comentaram o acontecido. Assista a entrevista do prefeito Steve Rotherham logo abaixo.

Canção dos Beatles

“Penny Lane”, um dos maiores clássicos dos Beatles, foi lançado em 1967 com o single “Strawberry Fields Forever”, canção que também foi inspirada pela cidade, dessa vez um orfanato do Exército da Salvação localizado próximo à casa de John Lennon, co-escritor da faixa, ao lado de McCartney. A dupla também foi responsável pela composição de “Penny Lane”.

Categorias: Notícias